BOLETIM INFORMATIVO

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID21:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Alimento 1×3

O amigo da hora difícil

Ficamos facilmente desanimados quando não vemos uma resposta às nossas orações no tempo que esperávamos… Mas Deus é quem determina o tempo certo para todas as coisas!

Nesta passagem, Jesus não somente ensina o que é orar (vs. 2-4), mas também como orar.

Lucas 11:1-13 (NVT) – Certo dia, Jesus estava orando em determinado lugar. Quando terminou, um de seus discípulos lhe disse: “Senhor, ensine-nos a orar, como João ensinou aos discípulos dele”. Jesus disse: “Orem da seguinte forma: “Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino. Dá-nos hoje o pão para este dia, e perdoa nossos pecados, assim como perdoamos aqueles que pecam contra nós. E não nos deixes cair em tentação”. E ele prosseguiu: “Suponha que você fosse à casa de um amigo à meia-noite para pedir três pães, dizendo: ‘Um amigo meu acaba de chegar para me visitar e não tenho nada para lhe oferecer’, e ele respondesse lá de dentro: ‘Não me perturbe. A porta já está trancada, e minha família e eu já estamos deitados. Não posso ajudá-lo’. Eu lhes digo que, embora ele não o faça por amizade, se você continuar a bater à porta, ele se levantará e lhe dará o que precisa por causa da sua insistência. Portanto eu lhes digo: peçam, e receberão. Procurem, e encontrarão. Batam, e a porta lhes será aberta. Pois todos que pedem, recebem. Todos que procuram, encontram. E, para todos que batem, a porta é aberta. Vocês que são pais, respondam: Se seu filho lhe pedir um peixe, você lhe dará uma cobra? Ou, se lhe pedir um ovo, você lhe dará um escorpião? Portanto, se vocês que são pecadores sabem como dar bons presentes a seus filhos, quanto mais seu Pai no céu dará o Espírito Santo aos que lhe pedirem!”.

Seja encorajado por esta passagem e continue pedindo! Pois Jesus está falando de perseverança, de tornar seu propósito maior do que os obstáculos que surgem, e com o tempo, o que parece impossível e todos os obstáculos serão vencidos, pois a resposta virá do Senhor, pois para Ele nada é impossível.

Perguntas:

  1. Por quantas vezes você já desistiu porque não obteve resposta após uma única oração?
  2. Quais são os motivos pelos quais você tem orado há algum tempo e está com vontade de desistir?
  3. De quais orações você desistiu por não obter uma resposta rapidamente?
line

Bíblia diária

2ª feira – 2 Pedro 01, 02, 03

3ª feira – 1 João 01, 02, 03

4ª feira – 1 João 04, 05

5ª feira – 2 João

6ª feira – 3 João

Sábado – Judas

Domingo – Apocalipse 01, 02, 03

Período atual: Quinquagésima terceira semana

line

República Centro-Africana comemora o Dia da República

Os cristãos do país fundado há 63 anos enfrentam forte perseguição

Cerca de 3,5 milhões de cristão enfrentam perseguição na República Centro-AfricanaCerca de 3,5 milhões de cristão enfrentam perseguição na República Centro-Africana

Localizada no centro da África e fazendo fronteira com países como Sudão, Chade, Congo e Camarões, a República Centro-Africana celebra hoje 63 anos de proclamação da República. O país foi uma colônia francesa chamada Ubangi-Shari mas obteve independência da França em 1960, dois anos após a fundação em 1958.

Apesar de enfrentar diversos conflitos há oito anos, com tensões e violências, os problemas da nação são pouco falados pelas mídias internacionais. A República Centro-Africana é um dos países menos desenvolvidos do mundo, com baixo índice de desenvolvimento resultante da instabilidade política e da posição geograficamente desfavorável, que não beneficia a agricultura. 

O país passa por uma série de abusos dos direitos humanos, já que boa parte é tomada por diversos grupos de milícias. Na República Centro-Africana, muitos grupos extremistas perseguem especificamente os cristãos. Nas regiões Leste e Norte do país, onde a população mulçumana é dominante, a perseguição é ainda mais severa. Os cristãos ex-mulçumanos enfrentam a perseguição da família, além da hostilidade da sociedade.

Em 2013, quando o grupo rebelde Seleka (união de milícias), tomou o poder em um golpe de estado, os cristãos passaram a ser alvos de violência extrema. A Organização das Nações Unidas fez uma intervenção após o golpe, mas a autoridade estatal não foi totalmente recuperada. Diante dessa realidade, há cerca de 3,5 milhões de cristãos que enfrentam perseguições pela fé em Jesus.


Tentativas de impedir o cristianismo


A comunidade local frequentemente rejeita os cristãos ex-muçulmanos e pode tentar forçá-los a renunciar ao cristianismo por meio da violência. Os cristãos que se convertem do islamismo são duplamente vulneráveis por causa da violência geral contra os cristãos, e severa pressão da família e da comunidade. 

As mulheres cristãs estão sujeitas a abuso sexual, sequestro e casamento forçado. Quando estão em período escolar, enfrentam o risco de violência sexual durante o trajeto de ida e volta para a escola. Algumas vezes, os pais são influenciados a entregar as filhas cristãs para casamento com homem mulçumano em troca de presentes significativos. Os homens também são alvos de agressão, sequestros e ameaças. Às vezes são recrutados à força por grupos de militância extrema.

Como a República Centro-Africana é o 35º país na Lista Mundial da Perseguição 2021, e por ser um dos países mais pobres da África, a necessidade financeira pode levar mulheres cristãs com muitos filhos a concordarem em se converter ao islamismo simplesmente para ter meios de sobrevivência.

Pedidos de oração

  • Interceda pela República Centro-Africana, para que Deus visite os governantes, dando sabedoria para liderar visando o bem-estar do povo.
  • Ore pelos cristãos do país, para que sejam fortalecidos na fé, mesmo diante das perseguições e tensões enfrentadas.
  • Clame para que os grupos extremistas sejam alcançados pelo amor de Cristo, tendo as vidas transformadas.

Fonte: Portas Abertas

line

Ele Trocou De Lugar Conosco

“Ele não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano; sendo injuriado, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados” (1 Pedro 2:22-24).

Um missionário estava falando com um grupo de pescadores em uma pequena aldeia. Ele contou sobre a morte de Cristo , com o propósito de levá-los à salvação. Em todos os lugares por onde passava, tentava descobrir se as pessoas podiam compreendê-lo. Por isso, fez uma pergunta a um dos pescadores: “Você poderia me dizer, com suas próprias palavras, o que Cristo estava fazendo, quando morreu na cruz?” “Sim”, disse o pescador, com a pele castigada pelo tempo e com lágrimas rolando pelo rosto., “eu sei o que Ele fez. Ele trocou de lugar comigo, tomou o meu lugar na cruz e me deixou aqui em Seu lugar, um homem sem pecado, segundo a visão de Deus. Louvado seja o Seu nome!”

Cristo trocou de lugar conosco. Fez isso Porque éramos bonzinhos? Porque éramos santos e merecíamos tão grande bênção? Não, Ele o fez por amor. Ele nos perdoou, nos trouxe da morte para a vida, nos ofereceu uma vida abundante e eterna mesmo sendo nós pecadores.

Hoje temos livre acesso à presença de Deus. Hoje podemos contar com seus cuidados e proteção. Hoje podemos deixar as trevas e caminhar na luz. Hoje podemos deixar de ser pedra de tropeço para ser uma bênção para nossos parentes e amigos.

Basta que deixemos o Senhor habitar em nossos corações, falar através de nossa boca, agir através de nossas atitudes, alegrar através de nosso sorriso, levantar os caídos através de nossas mãos estendidas.

Somos muito felizes e podemos dizer, como aquele humilde pescador: “Louvado seja o nome do Senhor!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s