BOLETIM INFORMATIVO

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID21:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Alimento 1×3

Os frutos do Espírito Santo

Como fazer os dons do Espírito Santo agirem em nós?

A Vida pelo Espírito

2Co.3.17 Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. 18, Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo, como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

O Espírito Santo não tem experiência em ser impaciente, odioso ou rude – Esta é a linguagem da nossa carne. O Fruto será um subproduto de uma vida rendida ao Espírito de Deus. Não somos chamados para focar no Fruto, mas no Espírito de Deus.
Bem simples, não é?

Mas frequentemente, não vemos crescimento em nós mesmos e realmente dizemos coisas como “Eu sou apenas uma pessoa impaciente” ou “Eu apenas não me dou bem com determinadas pessoas”. Não.. a verdade é que, quando temos essa mentalidade, estamos escolhendo andar pela carne. Assim, em nossa existência humana, somos o oposto do Fruto do Espírito.

Buscar a Deus e pedir por Sua ajuda para crescermos e demonstrar o Seu Fruto, será sempre um desafio para nós, porque estaremos escolhendo negar nossa carne e alimentar o nosso Espírito. Seremos colocados em situações que vão permitir que o Espírito Santo desenvolva o Seu Fruto em nós. De acordo com o pastor Rick Warren, “Todo problema é uma oportunidade para construir o caráter”. E não é brincadeira recusar à nossa carne o que ela quer… Porque nossa carne quer se vingar, mas o Espírito nos chama a amar e a estender nossa bondade.

Nossa carne quer entreter pensamentos pecaminosos, mas o Espírito nos chama para andar em autocontrole.
Nossa carne quer ditar nosso humor, mas o Espírito nos chama a andar em alegria e paz.
E se nos basearmos no que está citado em Romanos 13:14, que diz para nos revestirmos de Jesus, e desistirmos de satisfazer os desejos da carne? Todos os dias vestiremos Jesus, obedeceremos à direção do Espírito e basicamente vamos ignorar nossa carne. Tudo é sobre onde e o quê procuramos para nos satisfazer.
À medida que damos mais controle ao Espírito em nossas vidas, Ele começa a fazer em nós e através de nós o que apenas Ele pode fazer — nos moldar e crescer em nós para que nos pareçamos com Jesus. Nós estaremos literalmente sendo transformados e quando o fazemos, podemos ver nosso crescimento à medida que caminhamos pela vida, seguindo a Jesus.

Ao invés de evitar a mudança, nossas orações deveriam ser: “Deus, faça em mim o que precisar ser feito para que eu demonstre o Seu Fruto”. Precisamos desistir de fugir do crescimento e de pensar que não podemos mudar. Nós podemos mudar porque temos o poder do Espírito Santo nos impulsionando para isso. O Fruto do Espírito se torna parte de nós quando andamos em obediência ao Espírito.

Perguntas:

  1. Você tem o hábito de dar desculpas e justificativas para os seus erros e suas falhas de caráter, ou reconhece que está sendo transformado pelo Espírito Santo, admitindo que é falho e deseja mudar?
  2. Você luta por uma mudança, ou nem pensa nisso?
  3. Você deseja ser uma pessoa melhor?
line

Bíblia diária

2ª feira – Romanos 01, 02, 03

3ª feira – Romanos 04, 05, 06

4ª feira – Romanos 07, 08, 09

5ª feira – Romanos 10, 11, 12

6ª feira – Romanos 13, 14

Sábado – Romanos 15, 16

Domingo – 1 Coríntios 01, 02, 03

Período atual: Quadragésima sétima semana

line

“Ser cristão significa viver todos os dias sob ameaça”

Na República Centro-Africana, os cristãos continuam a enfrentar hostilidade

Líderes cristãos locais afirmam que a insegurança no país é contínua e os seguidores de Jesus são alvo de violência

Líderes cristãos locais afirmam que a insegurança no país é contínua e os seguidores de Jesus são alvo de violência

O ano de 2021 não tem sido fácil para a Igreja na República Centro-Africana. Um parceiro da Portas Abertas na África Central explica: “As igrejas continuam a ser afetadas pela violência e os líderes da igreja ainda enfrentam muitas ameaças. O peso da situação recai sobre a igreja à medida que os membros têm que se deslocar e são empobrecidos”. 

As hostilidades começaram a acontecer no final de 2012, quando a aliança rebelde Seleka, dominada por extremistas, começou uma campanha e conseguiu tomar o poder em um golpe de Estado em 2013. Após isso, os cristãos passaram a ser alvos da violência. Apesar da intervenção da Organização das Nações Unidas após o golpe, a autoridade estatal não foi restaurada, especialmente em áreas afastadas da capital e em cidades maiores.   

Quando a aliança Seleka desmoronou em 2014, começou uma guerra territorial entre grupos rebeldes em todo o país e os cristãos começaram a ser alvos de grupos extremistas. No ano de 2020, a situação ficou ainda mais complexa. Quando o tribunal constitucional decidiu que o ex-governante Françoise Bozize não teria autorização para concorrer nas eleições seguintes, ele convocou grupos rebeldes, como Seleka e Anti-Balaka, para formar a Coalizão dos Patriotas pela Mudança (CPC). O objetivo do líder era interromper as eleições de dezembro de 2020. 

A situação dos cristãos na República Centro-Africana 

Embora o CPC não diga que tem como alvo específico os cristãos, a violência que estimulou criou sofrimento para as pessoas que têm tentado sobreviver a uma situação humanitária já dramática e frágil. Os cristãos de todo o país continuam a sofrer por causa dessa violência, não só nas mãos do CPC, mas dos grupos que ainda dominam outros territórios.  

Outro parceiro da Portas Abertas na região compartilha: “A vida é muito difícil para os cristãos em áreas dominadas por muçulmanos, por exemplo, no Nordeste. Ser cristão lá significa viver todos os dias sob ameaça. Os cristãos são sempre alvo da violência, por meio da qual esses grupos armados matam, roubam e cometem violência sexual. A fé é sempre testada. E ministrar à Igreja Perseguida nessa situação é sempre difícil. Os grupos que controlam essas áreas estão sempre cientes da nossa presença. E os cristãos sentem que não podem depender das autoridades para protegê-los”.

Durante uma reunião anual, líderes cristãos do país afirmaram que a insegurança contínua no país também afeta a igreja. “Hoje a República Centro-Africana não pode se mover livremente, não pode trilhar o caminho do bem, não pode dar o melhor de si para o bem-estar de seus filhos. O país precisa da ajuda de Deus e dos irmãos e irmãs em Cristo através da oração.” 

Apoio para cristãos na África 

A vida em países de maioria muçulmana da África Subsaariana é difícil porque os cristãos ex-muçulmanos enfrentam perseguição tanto dentro como fora de casa. Além disso, são alvos preferidos dos radicais islâmicos e são mortos logo que descobertos. Os cristãos nessas regiões precisam ser fortalecidos na fé por meio do discipulado. Através da sua doação, você permite que dois cristãos ex-muçulmanos sejam discipulados e preparados para enfrentar a perseguição à luz da Bíblia. 

Pedidos de oração 

  • Apresente em oração a situação da República Centro-Africana e clame pelo fim da violência no país, onde os cristãos e igrejas são alvos frequentes. 
  • Ore por força e resiliência para os líderes cristãos que enfrentam tais ataques e ameaças de forma recorrente. 
  • Interceda pelos membros dos grupos extremistas, para que eles tenham um encontro com Cristo e passem a testemunhar das boas obras do Senhor. 

Fonte: Portas Abertas

line

Como O Sal

“Vós sois o sal da terra;
mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor?
Para nada mais presta, senão para ser lançado fora,
e ser pisado pelos homens” (Mateus 5:13).

Seeing God's Grace - Hope Community Church

Um jovem advogado, incrédulo, proclamava com alarido que estava rumando para o oeste, a fim de encontrar um lugar onde não houvesse nenhuma igreja, nem escola bíblica, nem Bíblias. Antes do final do ano, ele escreveu a um advogado amigo, um jovem ministro, implorando que fosse ao seu encontro para começar uma classe de Escola Bíblica e um local de pregação. Pediu também que não esquecesse de levar muitas Bíblias. Ao encerrar sua carta, o advogado disse: “eu estou agora seguro de que um lugar sem cristãos, sem igrejas e escolas bíblicas e sem Bíblias, é como um inferno para qualquer pessoa que ali viva.”

Como sal espiritual, a igreja de Cristo preserva a sociedade do avanço da decadência moral. Onde falta este sal, o ambiente social se torna cada vez mais semelhante à população do inferno.

Estamos nós conscientes da importância de nossa presença no mundo? Temos compreendido que o nosso testemunho é primordial para o bem-estar de todos que estejam ao nosso redor, sejam religiosos ou não? Temos nos preocupado em glorificar o nome santo do Senhor em tudo o que fazemos?

O Senhor nos colocou neste mundo como Seus representantes para que o lugar seja agradável de se viver. Crendo ou não no Senhor Jesus, todos aqueles que conosco convivem gozam do privilégio de ter uma vida muito mais atrativa e abençoada.

E mais do que uma luz para iluminar o dia de todos, devemos nos esforçar para que o nome de nosso Salvador seja exaltado e para que aqueles que andam sem rumo encontrem o verdadeiro Caminho para a vida abundante e eterna.

Temos sido como sal neste mundo? Ou já perdemos todo o sabor?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s