Informativo Amai-vos #114

Agenda de Junho de 2022

  • 01/jun – Culto de quarta-feira
  • 02/jun – Ensaio Ministério de Louvor
  • 03/jun –  
  • 04/jun –  
  • 05/jun – DOMINGO: Culto Rede Homens
  • 06/jun – Aula de canto
  • 07/jun –  
  • 08/jun – Culto de quarta-feira
  • 09/jun – Ensaio Ministério de Louvor 
  • 10/jun –  
  • 11/jun – Culto Go
  • 12/jun – DOMINGO: Culto Rede Mulheres / Comemoração do dia do pastor evangélico / Cantina reservada pela Rede de Jovens
  • 13/jun – Aula de canto
  • 14/jun –  
  • 15/jun – Culto de quarta-feira
  • 16/jun – Ensaio Ministério de Louvor 
  • 17/jun –  
  • 18/jun – Aula Psicanálise
  • 19/jun – DOMINGO: Culto Missões
  • 20/jun – Aula de canto
  • 21/jun –  
  • 22/jun – Culto de quarta-feira
  • 23/jun – Ensaio Ministério de Louvor 
  • 24/jun –  
  • 25/jun – Evento Blessart Teens
  • 26/jun – DOMINGO: Culto Rede de Jovens
  • 27/jun – Aula de canto
  • 28/jun –  
  • 29/jun – Culto de quarta-feira
  • 30/jun – Ensaio Ministério de Louvor 

Para ver a agenda completa do semestre clique aqui.

line

Alimento 1×3

O pecado e suas consequências

Adão e Eva também morreram no sentido moral, Deus advertia Adão que se comesse do fruto proibido, ele certamente morreria (Gn 2.17). Adão e sua esposa não morreram fisicamente, mas moralmente, naquele dia, pois a sua natureza tornou-se pecaminosa.

E a partir de Adão e Eva, todos nasceram com uma natureza pecaminosa (Rm 8.5-8), uma tendência inata de seguir o seu próprio caminho egoísta, alheio a Deus e ao próximo (Gn 3.6; Rm 3.10-18 nota; Ef 2.3; Cl 2.13).

Quando Adão e Eva pecaram, sua morte moral e espiritual ocorreu imediatamente (Gen. 2.17), ao passo que a morte física veio posteriormente (Gen. 5.5).

Deus havia dito: No dia em que dela comeres, certamente morrerás (Gen, 2.17). Por conseguinte, a morte espiritual e moral ocorreu imediatamente quando pecaram (Jo 17.3).

A morte moral consistiu na morte da vida de Deus dentro deles, quando a sua natureza tornou-se pecaminosa; a morte espiritual destruiu a comunhão que antes eles tinham com Deus. Depois do pecado de Adão e Eva, toda pessoa, ao nascer, entra neste mundo com uma natureza pecaminosa (Rm 5.12; 1 Jo 1.8; Ec 7.20).

Essa corrupção da natureza humana abrange o desejo inato da pessoa seguir o seu próprio caminho egoísta, ignorando a Deus e ao próximo, e isso é transmitido a todos os seres humanos (Rm 3.10-18; Ef 2.3).

Atentemos, ainda, para o fato de que as Escrituras não ensinam em nenhum lugar que todos pecaram quando Adão pecou, nem que a culpa do seu pecado foi imputada a toda a raça humana (Rm 5.12). A Bíblia ensina, sim, que Adão deu origem à lei do pecado e da morte sobre a totalidade da raça humana (Gen. 5.12; Gen 8.2; 1 Co 15.21,22).

Armas para vencer as tentações:

Jesus jejuou por 40 dias, e depois teve fome, e a seguir foi tentado por Satanás a comer. Isto pode indicar que Cristo absteve-se de alimento, mas não de água. Abster-se de água por 40 dias requer um milagre. Uma vez que Cristo teve que enfrentar a tentação, como representante do homem, ele não poderia empregar nenhum outro meio para vencê-la, além de ser um homem cheio do Espírito Santo.
E o que fazer para ser cheio? Uma vida dedicada à oração, ao jejum e a andar no temor do Senhor.

Perguntas:

  1. Você deseja ser cheio do Espírito Santo?
  2. Como está a sua vida espiritual?
  3. O que você tem feito para investir na sua vida espiritual?

Obs.: Investir na vida espiritual, trará resultados na vida financeira, emocional e familiar. O que você está esperando?

line

O impacto da jihad em Burkina Faso

Pastor e família são agredidos por plantar igreja em Bangladesh

O pastor Fazor Ali doou parte de seu terreno para construir a igreja

Parceiros da Portas Abertas visitaram as vítimas no hospital e enviaram ajuda financeira para a famíliaParceiros da Portas Abertas visitaram as vítimas no hospital e enviaram ajuda financeira para a família

Cristãos de origem muçulmana vivem sob ameaça de perseguição e correm riscos todos os dias em Bangladesh. O pastor Fazor Ali é um deles. Ele já tinha sido atacado em abril deste ano. A polícia tentou prender os agressores, mas não teve sucesso. Recentemente, ele e a família enfrentaram as consequências da intolerância religiosa do mesmo grupo. Conhecido na região onde vive por compartilhar o evangelho, o pastor Fazor doou uma porção da própria terra para a construção de uma igreja na vila onde morava. Vizinhos muçulmanos tinham interesse nesse terreno e ficaram furiosos quando descobriram que ele seria usado para construir uma igreja cristã. Por isso, na manhã de 3 de junho, enquanto a família do pastor ainda dormia, os vizinhos tomaram o terreno e começaram a construir uma cerca em torno dele. 

“Estamos vigiando vocês” 

Não demorou muito para Fazor e sua família entenderem o que estava acontecendo e tentarem impedir. Um grupo de 40 homens, muitos não eram da vila, ficou com raiva e começou a agredir o pastor e sua família. Eram criminosos procurados, alguns acusados de assassinato, e não tinham medo de matar. 

Em consequência do ataque, quatro membros da família do pastor Fazor tiveram ferimentos graves e foram levados às pressas para o hospital. Os infratores ameaçaram as vítimas, manipulando-as para não denunciarem o incidente à polícia. “Estamos vigiando vocês. Se vocês nos denunciarem, nós saberemos”, disse um dos criminosos. Eles começaram a espiar a família, garantindo que não chegasse perto da delegacia. 

Outras sete famílias cristãs de origem muçulmana que moram com o pastor Fazor foram ameaçadas pelo mesmo grupo. Elas estão com medo de um novo ataque. 

Parceiros da Portas Abertas em Bangladesh estão orando pela família e pelos feridos. Um deles relatou: “Nós enviamos apoio financeiro para o tratamento das vítimas e nossos parceiros no campo as visitaram no hospital”. 

Fonte: Portas Abertas

line

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID19:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Para baixar o Programa de Qualidade de Vida deste domingo ou dos domingos passados, clique aqui.

Texto (Alimento 1x3) - Pr. Paulo Pereira / Revisão: Mônica Pinheiro / Pesquisa e edição: Orlando Neto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s