Informativo Amai-vos #98

line

Alimento 1×3

Os filhos pródigos

Texto de referência: Lucas 15. 11 ao 32.

Quando o filho mais novo pediu a sua parte na herança, basicamente estava declarando para o pai: para mim você morreu – pois ninguém tem direito à herança de uma pessoa viva, somente depois que ela morre.
Já no caso do filho mais velho, apesar dele estar na casa do Pai, não havia estabelecido um relacionamento com ele.

Nesta parábola, o Senhor ensina que uma vida de pecado e de egoísmo, no seu sentido cabal, significa a separação do amor, da comunhão, e da autoridade de Deus. O pecador ou desviado, é como o filho mais jovem da parábola, que busca os prazeres do pecado, e desperdiça os dotes materiais, intelectuais e espirituais que Deus lhe deu. O resultado é desilusão e tristeza, além de, às vezes, condições pessoais degradantes, e sempre a falta de uma vida verdadeira e real, que somente se encontra no relacionamento apropriado com Deus.

“Pai, pequei contra os céus e contra ti” – Antes de um perdido vir a Deus, ele precisa reconhecer o seu verdadeiro estado de escravidão do pecado e da separação de Deus. E precisa voltar humildemente ao Pai, confessar os seus pecados e estar disposto a fazer tudo quanto o Pai quiser.
É o Espírito Santo que convence o pecador perdido da sua situação pecaminosa.
Pai e mãe crentes devem saber que Deus ama o filho pródigo deles e anseia pela sua salvação, ainda mais do que os próprios pais. Ore e confie em Deus, para que Ele busque esse filho pródigo até que ele volte ao Pai celestial.

A descrição que Jesus faz da reação favorável do pai diante da volta do filho, ensina várias verdades importantes:

  • Deus tem compaixão dos perdidos por causa da triste condição deles.
  • O amor de Deus por eles é tão grande que nunca cessa de sentir pesar por eles enquanto espera pela sua volta.
  • Quando o pecador volta para Deus de coração, o Pai sempre estará plenamente disposto a acolhê-lo com perdão, amor, compaixão, graça e os plenos direitos de um filho (Jo 1.12).
    Os benefícios da morte de Cristo, a influência do Espírito Santo e a graça de Deus estão à disposição daqueles que O buscam.
  • A alegria de Deus pela volta dos pecadores é incomensurável.
    “Meu filho estava perdido” é empregado no sentido de estar perdido em relação a Deus, como ovelha desgarrada (1 Pe 2.25 e Is 53.6).
    A vida afastada da comunhão com Deus é a morte espiritual (Ef 2.1; 1 Jo 3.14). E voltar-se para Deus é alcançar vida verdadeira (Jo 11.26).

O filho mais velho representa aqueles que têm sua religião e que, exteriormente, guardam os mandamentos de Deus; porém, interiormente estão longe Dele e dos seus propósitos para o Seu reino.

Talvez a parábola mais famosa, comumente chamada de Filho Pródigo, conta a história de dois irmãos tentando agradar ao pai e obter a sua aprovação.

O filho pródigo leva a sua herança, gastando-a louca e rapidamente. Mas percebendo como ele ofendeu o seu pai e como a sua vida é inútil, tenta voltar para a casa do pai, a fim de trabalhar e ganhar sua graça novamente. Tal esforço não é permitido, pois como o pai o ama, recebe o filho de volta mesmo antes dele trabalhar um dia sequer.

A palavra “pródigo” significa deliberadamente extravagante, um título reservado para o filho devido à forma como ele gastou a sua herança. Assim, o pai é verdadeiramente o pródigo da história, pois ele é deliberadamente extravagante com seu amor, perdão, misericórdia e posses no retorno do seu filho.

O filho mais velho é um personagem muitas vezes esquecido na história, mas ele era de grande interesse para o público: os fariseus, que estavam ouvindo a parábola desde o primeiro versículo. Eles sabiam que o irmão mais velho, que acreditava que deveria ser mais favorecido do que o seu irmão, por causa de sua diligência em manter as regras, os representava na história. Mas o irmão mais velho está dissimulando para conseguir o amor e manter as bênçãos, e não por ter amor ou o desejo de prestar obediência e abençoar o pai.

Nesta história, vemos a redenção e a reconciliação do irmão mais novo, mas o destino do irmão mais velho, que confiava em suas ações acima de todas as coisas, é deixado sem solução na história.

Perguntas:

  1. Você se sente longe de Deus?
  2. Você já se sentiu desviado, mesmo estando dentro da igreja?
  3. Você se sente um filho de Deus amado?
line

Líder cristão morre em prisão domiciliar na Eritreia

A prisão ocorreu porque ele não aceitava a interferência do governo nos assuntos da igreja

A Igreja Ortodoxa é uma das poucas que tem autorização governamental para funcionar na EritreiaA Igreja Ortodoxa é uma das poucas que tem autorização governamental para funcionar na Eritreia

O líder cristão da Igreja Ortodoxa, Abune Antonios, morreu na última quarta-feira, dia 9. Ele foi deposto da igreja na Eritreia e estava em prisão domiciliar em Asmara desde 2006. Antonios tinha 95 anos e sofria de diabetes grave.  

Em 2003, Antonios se tornou líder cristão e entrou em desacordo com o governo da Eritreia pela interferência das autoridades em assuntos da igreja. Em agosto de 2005, o Sínodo da Eritreia se reuniu com o objetivo de tirar toda a autoridade executiva de Abune Antonios. Entre as acusações contra o líder cristão, estavam a relutância em excomungar 3.000 membros do Medhane Alem, um movimento ortodoxo da Escola Dominical, e suas exigências de que o governo liberte cristãos presos acusados de traição. 

Em janeiro de 2006, as autoridades notificaram Antonios de que ele seria removido como líder da igreja e colocado em prisão domiciliar. Um ano depois, confiscaram a identidade dele e o governo da Eritreia tirou Antonios à força de casa e manteve-o detido em um local não revelado. 

No dia 16 de julho de 2017, as autoridades permitiram que Antonios fizesse uma aparição pública pela primeira vez em mais de uma década. Três dias depois, o governo transferiu Antonios para outro local a fim de melhorar as condições de vida dele. O líder cristão continuou incomunicável e teve negado o atendimento médico para diabetes. 

A morte de Antonios acontece quando completa duas décadas de um rígido controle estatal na igreja na Eritreia. Em 24 de maio faz 20 anos que o governo anunciou que reconheceria apenas quatro grupos religiosos e proibiria todos os demais que não haviam solicitado o registro, após um decreto do governo em 1997.  

Desde então, todos os cristãos que desejam adorar a Cristo fora dos grupos reconhecidos e sancionados, fazem isso secretamente. No entanto, mesmo cristãos e igrejas pertencentes a grupos isentos têm sofrido diferentes níveis de interferência, como o confisco do dízimo e o fechamento de serviços como escolas e clínicas. Todos os atos considerados pelo governo como resistência são punidos até mesmo com prisão.


Pedidos de oração 

  • Muitos respeitavam Antonios pelo preço que pagou para defender a liberdade religiosa. Ore por todos que estão em luto e pela unidade entre os cristãos na Eritreia. 
  • Interceda pelo governo, peça para que o Senhor trabalhe nos corações das autoridades e clame pelas bênção de Deus sobre o país. 
  • Clame para que o corpo de Cristo na Eritreia tenha sabedoria para lidar com as situações de perseguição e se mantenha firme na fé.  

Fonte: Portas Abertas

line

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID21:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s