Informativo Amai-vos #97

line

Alimento 1×3

Os discípulos são o sal da terra e a luz do mundo

Mt.5.13 Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.
14 Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
15 nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas, no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
16 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus.

Neste ensinamento, Jesus nos compara ao sal e à luz, mostrando como deveríamos impactar aqueles que estão ao nosso redor.

O sal é benéfico tanto para preservar, quanto para temperar os alimentos. Você leva esses mesmos benefícios para o seu círculo de influência? Você costuma “temperar” suas conversas, relacionamentos, interações, com a verdade e a graça de Jesus? Você é capaz de “preservar” a verdade, quando os ensinamentos de Cristo são discutidos ao seu redor?

Além disso, os cristãos devem ser luz para o mundo, não para ficarem escondidos, mas para iluminar a todos que estão ao seu redor. Você não deve esconder sua “luz”, dizendo que seu relacionamento com Cristo é particular. E como esse pensamento se alinha com as palavras de Cristo? Reflita a luz de Cristo para aqueles à sua volta com suas boas ações inegáveis!

Os cristãos são o sal da terra. São dois os valores do sal: o sabor e o poder de preservar da corrupção. O cristão e a igreja, portanto, devem ser exemplos para o mundo e, ao mesmo tempo, militarem contra o mal e a corrupção na sociedade.

Note bem:

As igrejas mornas apagam o poder do Espírito Santo e assim deixam de resistir ao espírito predominante no mundo.

Tais igrejas serão destruídas, pisoteadas pelos homens, pois os mornos serão destruídos pelos maus costumes e pelos baixos valores da sociedade ímpia.

O que seria dos navios e outras embarcações em alto mar, à noite, se não fossem os faróis avisando onde está o perigo; e como luz do Senhor neste mundo, precisamos denunciar o pecado e avisar acerca do juízo final e do grande julgamento que está por vir.

O perigo de viver uma vida na igreja sem propósito, uma vida morna, é a descrição da condição espiritual da igreja de Laodicéia (Ap. 3.16).A igreja morna é aquela que transige com o mundo e, em comportamento, se assemelha à sociedade ímpia ao seu redor; professa o cristianismo, mas na realidade, é espiritualmente “desgraçada e miserável”.

Cristo faz à essa igreja uma séria advertência, no tocante ao seu julgamento contra a mornidão espiritual.

Cristo faz também um convite sincero, para que ela se arrependa e seja restaurada a uma posição de fé, justiça, revelação e comunhão.

Nessa época de igreja morna, firmes são as promessas de Cristo às igrejas vencedoras. Ele virá a elas com bênçãos e no poder do Espírito Santo, abrindo uma porta para que possam glorificar o seu nome e proclamar o evangelho eterno.

Perguntas:

  1. Como está a sua intimidade com Deus?
  2. Você ouve a voz de Deus?
  3. Você tem vivido em Santidade?
line

Cristãos adultos são alfabetizados em Bangladesh

“Agora eles podem ler a Bíblia e saber como Jesus viveu e fez milagres”

Cristãos adultos recebem aulas de alfabetização em BangladeshCristãos adultos recebem aulas de alfabetização em Bangladesh

Em Bangladesh, uma classe de alfabetização de adultos foi iniciada por parceiros locais. É alto o número de pessoas não alfabetizadas que vivem nas áreas rurais do país. Várias igrejas adotaram o programa de alfabetização na esperança de que adultos possam ler e escrever. No último ano, pelo menos três mil cristãos aprenderam a ler e a escrever.  

Sumi é professora de alfabetização de adultos no Norte do país; ela é muito apaixonada pela igreja e pelas pessoas da aldeia onde vive. Atualmente, ela lidera uma classe com 15 alunos, muitos deles cristãos ex-muçulmanos. A aldeia é formada em sua maioria por não cristãos, mas ela espera que mais pessoas reconheçam o Senhor Jesus como salvador. O sonho de Sumi é construir uma igreja local onde os cristãos possam se reunir em liberdade.  

“Quero ganhar os aldeões com as palavras de Deus. Algum dia todos eles vão adorar e orar ao Senhor. Esse não é apenas meu sonho, mas também do meu pai e da minha família. Nós já fomos muçulmanos, mas quando conhecemos Jesus, tudo mudou, e queremos que os outros muçulmanos saibam a verdade e venham para o Senhor”, diz a professora.  

Durante as aulas, Sumi lê o evangelho para seus alunos cristãos. Os seguidores de Jesus que antes eram incapazes de ler e entender a palavra de Deus por conta própria, agora podem ler e entender as Escrituras sozinhos. “Agora, eles podem ler a Bíblia e saber como Jesus Cristo viveu e fez milagres, assim eles encontram o interesse de ler a Bíblia”, disse ela.  

“Antes eu não conseguia ler a Bíblia. Com as aulas, aprendi a ler e a escrever. Agora eu consigo ler as histórias bíblicas e posso contá-las a outras pessoas. Eu me tornei cristã por meio dessas aulas”, conta Jinara, aluna da classe de alfabetização de adultos em Bangladesh.   

A aluna Kohinur disse que aprende muitas histórias nas aulas e pode compartilhar com os filhos dela e o marido. Ela ficou feliz em poder ler, orar e ajudar outras pessoas, por isso frequenta as aulas regularmente. O impacto da aula de alfabetização de adultos não fica só com o aluno, mas alcança familiares, vizinhos e amigos. Além disso, as aulas ajudam os cristãos a serem mais ativos na igreja.  

Aulas levaram pessoas a conhecer Jesus 

As mulheres cristãs nas aldeias também estão influenciando outras mulheres. O conhecimento que elas demonstram depois das aulas chama a atenção. Muitas mulheres que não são cristãs se interessam pela classe de alfabetização de adultos pela forma como elas perceberam as vizinhas cristãs.  

Por meio das aulas, muitas pessoas vieram ao Senhor. Todos os anos, novos cristãos estão chegando às igrejas locais. Em 2021, por meio desta classe, três mulheres receberam Jesus como salvador e senhor. Elas foram batizadas em agosto. 

Os pastores e professores agradeceram aos parceiros locais da Portas Abertas em Bangladesh pela oportunidade de ter esse programa de alfabetização nas igrejas. “Estamos avançando gradualmente para o sonho de ganhar os aldeões para Jesus. Nosso Senhor está conosco, estamos trabalhando juntos”, disse um pastor. 

Parceiros locais da Portas Abertas também ajudaram os alunos de diferentes maneiras durante a pandemia. Não apenas com as aulas, mas com ajuda emergencial, alimentos e cobertores durante o inverno.  

Apoie cristãos ex-muçulmanos 

Discriminação, solidão e desânimo são sentimentos comuns na vida dos cristãos ex-muçulmanos. Em Bangladesh, cristãos ex-muçulmanos são discriminados e têm o acesso a itens básicos, como água limpa, negado. Mas você pode ajudar a fornecer um poço artesiano para uma família cristã no país. 

Fonte: Portas Abertas

line

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID21:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s