Autor: ministerioamaivos

O Ministério Amai-vos foi fundado em 2002 pelos pastores Paulo e Tânia Pereira, (presidente e vice-presidente, respectivamente).e que chegou a mais três cidades: São Pedro d'Aldeia (RJ), Silva Jardim (RJ) e Santo Antônio de Jesus (BA). "O menor virá a ser mil, e o mínimo uma nação forte; eu, o SENHOR, ao seu tempo o farei prontamente" (Isaías 60:22)

Informativo Amai-vos #110

Alimento 1×3

A Raça Humana

1Co 2.14,15 – “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido”.

DIVISÃO BÁSICA DA RAÇA HUMANA

As Escrituras dividem todos os seres humanos em geral, em duas classes:

  1. O homem/mulher natural (1 Cor. 2.14), denotando a pessoa irregenerada, governada por seus próprios instintos naturais (2Pe 2.12). Tal pessoa não tem o Espírito Santo (Rm 8.9), está sob o domínio de Satanás (At 26.18) e é escravo da carne com suas paixões (Ef 2.3).
    Pertence ao mundo, está em harmonia com ele (Tg 4.4) e rejeita as coisas do Espírito (2.14). A pessoa natural não consegue compreender a Deus, nem os seus caminhos; pelo contrário, depende do raciocínio ou emoções humanas.
  2. O homem/mulher espiritual (1 Cor.2.15; 1 Cor. 3.1), denota a pessoa regenerada, que tem o Espírito Santo. Essa pessoa tem mentalidade espiritual, conhece os pensamentos de Deus (2.11-13), e vive pelo Espírito de Deus (Rm 8.4-17; Gl 5.16-26). Tal pessoa crê em Jesus Cristo, esforça-se para seguir a orientação do Espírito que nela habita, resistindo aos desejos sensuais e ao domínio do pecado (Rm 8.13,14).

E como tornar-se um crente espiritual?
Ao aceitar pela fé a salvação em Cristo, a pessoa é regenerada, e o Espírito Santo lhe confere uma nova natureza mediante a concessão da vida divina. Essa pessoa nasce de novo (Jo 3.3,5,7), é renovada (Rm 12.2), torna-se uma nova criatura (2Co 5.17) e obtém a justiça de Deus mediante a fé em Cristo (Fp 3.9).

UMA DISTINÇÃO ENTRE OS CRENTES
Embora o crente nascido de novo receba a nova vida do Espírito, ele tem em si, uma natureza pecaminosa, com suas perversas inclinações (Gl 5.16-21). A natureza pecaminosa existente no crente, não pode ser mudada em boa, precisa ser mortificada e vencida pelo poder e graça do Espírito Santo (Rm 8.13).

O crente obtém tal vitória negando-se a si mesmo diariamente (Mt 16.24; Rm 8.13; Tt 2.11,12), deixando de lado todo impedimento ou pecado (Hb 12.1), e resistindo a todas as suas inclinações pecaminosas (Rm 13.14; Gl 5.16; 1Pe 2.11).

Pelo poder do Espírito Santo, o próprio crente guerreia contra a natureza pecaminosa diariamente, crucificando-a (Gl 5.16-18,24; Rm 8.13,14) e mortificando-a (Cl 3.5). Pela abnegação e submissão à obra santificadora do Espírito Santo em sua vida, o crente em Cristo experimenta a libertação da sua natureza pecaminosa e vive como um crente espiritual (Rm 6.13; Gl 5.16). Mas nem todo crente se esforça como deveria para vencer plenamente a sua natureza pecaminosa.

Perguntas:

  1. Que tipo de pessoa você é: A que ouve a voz de Deus, ou a que segue seus próprios instintos?
  2. Você se sente um cristão de verdade?
  3. Quem governa as suas atitudes: sua carne, ou o Espírito Santo?
line

Pedido de proteção para cristãos perseguidos na Índia é adiado

A Suprema Corte indiana disse que a petição por proteção aos cristãos não é urgente


O ano de 2021 foi “mais violento para cristãos na Índia” de acordo com o Forum United Christian
O ano de 2021 foi “mais violento para cristãos na Índia” de acordo com o Forum United Christian

O arcebispo de Bangalore, doutor Peter Machado, junto ao Fórum de Solidariedade Nacional e a Comunidade Evangélica da Índia, enviou para a Suprema Corte, no dia 4 de março, uma petição judicial por medidas de proteção aos cristãos. Na lei indiana, essa petição é uma solicitação a um tribunal superior que orienta o tribunal inferior e as autoridades.

No entanto, a petição para adiantar a audiência foi recusada em 26 de abril. “Sem data. Não há urgência. Nada acontecerá, os céus não cairão”, disse o chefe de justiça da Índia. O tribunal da Índia enfrenta um acúmulo de casos e essa solicitação não é uma prioridade. 

No pedido, os requerentes pedem à Suprema Corte, entre outras solicitações, a criação de uma “equipe de investigação para registrar crimes e processar os grupos responsáveis pelos ataques aos cristãos”. Também solicitam “providenciar proteção policial aos cristãos que estão sob ameaça de ataque por multidões violentas”, e “identificar e processar grupos políticos e sociais responsáveis por violência contra cristãos”.

Altos níveis de violência 

O número de casos de agressão a cristãos na Índia aumentou nitidamente nos últimos anos, 2021 foi o “ano mais violento para cristãos na Índia” de acordo com o Forum United Christian. Ele afirma que 486 casos de violência contra cristãos foram reportados em 2021, um aumento de 75% em comparação com 2020. Contudo, como denunciar um crime na Índia é um desafio, o número atual deve ser maior. 

“Nos últimos meses, mais estados na Índia adotaram leis anticonversão, totalizando 11 estados com essas leis. A falta de definição apropriada de crimes como fraude, incitação e difamação, faz com que elas sejam oportunas para abusos”, disse um porta-voz da Portas Abertas no começo deste ano.

“Além disso, o fardo de provar está completamente sobre a pessoa acusada. Essas leis passaram a ser usadas por vigilantes das minorias para atacá-las e por grupos marginalizados que podem agir impunemente”, ele diz.

A Índia é o 10º país na Lista Mundial da Perseguição (LMP), que apresenta os 50 países com maior perseguição aos cristãos. Ambos os níveis de violência e pressão em todas as esferas da vida são altos ou extremos segundo dados coletados pela pesquisa da Portas Abertas. 

Fonte: Portas Abertas

line

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID19:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Para baixar o Programa de Qualidade de Vida deste domingo ou dos domingos passados, clique aqui.

Texto (Alimento 1x3) - Pr. Paulo Pereira / Revisão: Mônica Pinheiro / Pesquisa e edição: Orlando Neto

Informativo Amai-vos #109

Alimento 1×3

O Espírito Santo (PARTE 5)

A RESSURREIÇÃO DE JESUS

Mediante o poder do Espírito Santo, Jesus ressuscitou dentre os mortos e, assim, foi vindicado como o verdadeiro Messias e Filho de Deus. Em Rm 1. 3, 4 lemos que, segundo o Espírito de santificação, o “Espírito Santo”, Cristo Jesus foi declarado Filho de Deus, com poder. E em Rm. 8.11 que “o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos”. Assim, como Jesus dependia do Espírito Santo para a sua ressurreição dentre os mortos, também os crentes dependem do Espírito para a sua vida espiritual, e no porvir, para a ressurreição corporal (Rm 8.10,11).

A ASCENSÃO DE JESUS AO CÉU

Depois da sua ressurreição, Jesus subiu ao céu e assentou-se à destra do Pai como seu corregente (Mc 16.19; Ef 1.20-22; 4.8-10; 1Pe 3.21,22). Nessa posição exaltada, Ele, da parte do Pai, derramou o Espírito Santo sobre o seu povo no Pentecoste (At 2.33; Jo 16.7-14), proclamando, assim, o seu senhorio como rei, sacerdote e profeta. Esse derramamento do Espírito Santo no Pentecoste e no decurso desta era atual, dá testemunho da contínua presença e autoridade do Salvador exaltado.

A COMUNHÃO ÍNTIMA ENTRE JESUS E SEU POVO

Como uma das suas missões atuais, o Espírito Santo toma aquilo que é de Cristo e o revela aos crentes (Jo 16.14,15). Isto quer dizer que os benefícios redentores da salvação em Cristo nos são mediados pelo Espírito Santo (Rm 8.14-16; Gl 4.6).

O mais importante é que Jesus está bem perto de nós (Jo 14.18).

O Espírito nos torna conscientes da presença pessoal de Jesus, do seu amor, da sua bênção, ajuda, perdão, cura e tudo quanto é nosso mediante a fé. Semelhantemente, o Espírito atrai nosso coração para buscar ao Senhor com amor, oração, devoção e adoração (Jo 4.23,24).

A VOLTA DE JESUS PARA BUSCAR SEU POVO

Jesus prometeu voltar e levar para si o seu povo fiel, para estar com Ele para sempre (leia Jo 14.3; 1Ts 4.13-18). Esta é a bendita esperança de todos os crentes (Tt 2.13), o evento pelo qual oramos e ansiamos (2Tm 4.8). As Escrituras revelam que o Espírito Santo impulsiona nosso coração a clamar a Deus pela volta do nosso Senhor. É o Espírito quem testifica que nossa redenção permanece incompleta até a volta de Cristo (Rm 8.23). No final da Bíblia, temos estas últimas palavras que o Espírito Santo inspirou “Ora, vem, Senhor Jesus” (Ap 22.20).

Perguntas:

  1. Você crê na morte e ressurreição de Jesus?
  2. Você crê que Jesus vai voltar?
  3. Qual é o tipo de intimidade que você tem com Jesus?
line

Pastor Yousef Nadarkhani é preso pela quarta vez no Irã

Em licença temporária da prisão, Nadarkhani teve a chance de voltar para casa por duas semanas

O pastor Nadarkhani foi condenado no Irã por plantar igrejas domésticas e promover o cristianismo (Foto: Article 18)O pastor Nadarkhani foi condenado no Irã por plantar igrejas domésticas e promover o cristianismo (Foto: Article 18)

O pastor Yousef Nadarkhani foi preso novamente e está na prisão de Evin, na capital Teerã, após curto período de liberdade em casa. Ele já tinha sido sentenciado à morte por apostasia e, desde julho de 2018, está cumprindo a pena de dez anos de prisão; posteriormente, a pena foi reduzida para seis anos de reclusão. A acusação contra ele é de “agir contra a segurança nacional ao plantar igrejas domésticas e promover o cristianismo sionista”.   

No último dia 15 de abril, o pastor teve a oportunidade de sair da prisão pela primeira vez. Mesmo após pagar fiança de 300 milhões de tomans (aproximadamente 11.500 dólares), sua licença foi adiada em sete dias. Os filhos do pastor Nadarkhani não têm acesso à escola enquanto o pai está preso e um deles foi agredido por um agente que prendeu o pai, há quatro anos.  

A Comissão Internacional pela Liberdade Religiosa dos Estados Unidos (USCIRF) recomendou que o Irã continuasse na lista de “Países de Particular Preocupação” por “sistemáticas, ativas e graves violações à liberdade de religião”. A Comissão apoiou a breve licença do pastor Yousef, mas insiste em sua completa e permanente liberdade.

Nadine Maenza, membro da USCIRF, disse: “A licença do pastor Nadarkhani, que esteve preso e doente, é um gesto amistoso bem-vindo e aguardado há muitos anos. Contudo, pedimos ao Irã que liberte definitivamente o pastor Yousef e todos os outros que foram presos por causa da fé”. 

O pastor e outros quatro cristãos presos foram contaminados em um surto de COVID-19 na prisão em fevereiro. Nesse período, Yousef disse que só aceitaria a licença temporária da prisão se os cristãos presos com ele saíssem também, mas esse pedido foi negado. 

Ele teve a chance de voltar para casa e passou duas semanas em Rasht com sua esposa, Tina, e os filhos, Danial e Youeil. Mas logo foi detido e os deixou mais uma vez. Apesar dos pedidos das entidades que defendem a liberdade religiosa, ele continua preso. 

A prisão é arbitrária pois não tem base legal, limita os direitos civis, não permitiu um julgamento justo e é baseada em discriminação por crença. Além disso, a USCIRF afirma que as alegações contra o pastor são falsas e que ele foi agredido fisicamente. 

Ajude cristãos presos 

Você pode apoiar os cristãos que estão presos por causa da fé em Jesus. Com sua doação, eles podem receber apoio jurídico e saber que não estão sozinhos.

Pedidos de oração 

  • Clame para que o pastor Yousef Nadarkhani e os cristãos que estão presos com ele sejam libertos definitivamente. 
  • Peça a Deus que mantenha firme a fé de Yousef e outros irmãos perseguidos e os proteja em Cristo. 
  • Interceda pela família do pastor e pelos seus filhos, para que possam voltar a estudar.

Fonte: Portas Abertas

line

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID19:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Para baixar o Programa de Qualidade de Vida deste domingo ou dos domingos passados, clique aqui.

Texto (Alimento 1x3) - Pr. Paulo Pereira / Revisão: Mônica Pinheiro / Pesquisa e edição: Orlando Neto