BOLETIM INFORMATIVO

Observações importantes ao comparecimento ao templo durante a ainda presente pandemia de COVID21:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Alimento 1×3

O grão de mostarda

Mateus 13:31-32: Então Jesus contou outra parábola: “O reino dos céus é como a semente de mostarda que alguém semeia num campo. É a menor de todas as sementes, mas se torna a maior das hortaliças; cresce até se transformar em árvore, e vêm as aves e fazem ninho em seus galhos”.

Não importa quão pequeno seja o começo, se você cultivar continuamente o Reino de Deus em seu coração, Ele o fará crescer para produzir impacto em todos ao seu redor! Isso não significa que todo cristão terá o mesmo nível de ministério, mas na graça dos dons individuais, crescerá pela influência de Deus.

Então, se você está frustrado com o tamanho da sua fé, o tamanho da sua igreja, ou o tamanho da sua influência evangelística, não reaja desprezando os pequenos começos! Continue a cultivar o Reino de Deus em seu coração! Não seja passivo, seja intencional quanto a cultivar o seu relacionamento com Jesus.

A parábola do grão de mostarda e a do fermento, que se lhe segue, completam-se entre si. Falam do crescimento do mal dentro do atual reino visível de Deus. A parábola do grão de mostarda fala do pequeno começo desse reino e seu desenvolvimento subsequente no decurso do tempo.

Esse reino começou apenas com Jesus e um grupo de discípulos dedicados (Jo 20.22 e At 2.4). No entanto, a manifestação atual e visível do reino, através da influência do Espírito Santo, crescerá tornando-se grande, organizado e poderoso.

Assim como a árvore do grão de mostarda, aceitará nos seus ramos, através da comunhão com as aves do céu, elementos malignos que removem as sementes da verdade.

As aves, também em Mt 13.4-19, figuram como agentes do mal. Assim como em Ap 18.2, onde a grande Babilônia (representando a igreja apóstata) torna-se morada de demônios e esconderijo de toda ave imunda e aborrecível.

A grande Babilônia é vista principalmente quanto ao seu aspecto comercial e político.

1) Alguns julgam que Babilônia, aqui, representa uma cidade ou nação literal, reunindo os aspectos ímpios da cidade descrita neste capítulo.

2) Outros pensam que ela represente a totalidade do sistema mundial ímpio, sob o domínio do anticristo.

O sistema comercial de Babilônia é destruído nos capítulos 18 e 19 de Apocalipse, quando seu sistema político é julgado por Deus no fim da tribulação (Apocalipse 19.17-21; Is 13.1-11).

Amados, uma boa parte das parábolas nos fazem meditar sobre a volta de Jesus. Eu gostaria muito que todos focassem nesta questão, buscando mais a palavra de Deus e sua direção através das orações, mais do que qualquer outra coisa.

Lembre-se sempre:
Os.4.6 – O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

Perguntas:

  1. Onde está a sua segurança espiritual: Na palavra de Deus, ou nas profecias dos homens?
  2. Se sem fé é impossível agradar a Deus, onde você está buscando alimento para que a sua fé aumente? (Romanos 10. 17)
  3. Você está buscando o seu sucesso numa vida plena em Deus, ou em promessas mundanas? (Salmos 1)
line

O que aconteceu na Igreja Perseguida – retrospectiva 2021

Recorde as principais ações de Deus em favor dos cristãos perseguidos

Portas Abertas mobiliza igreja brasileira para interceder pela Índia, Afeganistão, cristãos necessitados, crianças e países da Ásia CentralPortas Abertas mobiliza igreja brasileira para interceder pela Índia, Afeganistão, cristãos necessitados, crianças e países da Ásia Central

Ontem, a Portas Abertas relembrou os principais acontecimentos do primeiro semestre de 2021 que impactaram a Igreja Perseguida. Hoje, é dia de recordar aquilo que o Senhor fez na vida de irmãos e irmãs hostilizados por amor a Jesus durante o segundo semestre.  

Juntos com os cristãos perseguidos na Índia

Apesar da perseguição social, cristãos indianos se mantêm fortalecidos em Jesus

O mês de julho foi de intercessão e mobilização pelos cristãos que vivem na Índia. O crescimento da perseguição local é fruto da propagação da filosofia hindutva, que diz que a Índia só será independente quando toda a população for hindu. Os principais líderes políticos concordam, propagam a ideologia e mentiras a respeito dos cristãos na mídia e nas redes sociais.

O resultado disso é pressão e violência contra os seguidores de Jesus. Por isso, a Portas Abertas criou a campanha #StandForTruthIndia, que significa em português “Defenda a Verdade Índia”. Além da ação mostrar que nossos irmãos indianos não estão só, os cristãos brasileiros puderam ser edificados ao baixar a revista virtual Índia Ilustrada.

Tomada do Afeganistão pelo Talibã

Cristãos secretos no Afeganistão são um dos principais alvos do integrantes do Talibã (foto: IMB)

Em agosto, o mundo recebeu a notícia de que o Afeganistão estava nas mãos do Talibã novamente. Cenas de pessoas desesperadas para fugir do país chocaram a todos e motivaram os cristãos brasileiros a interceder ainda mais pela nação. A situação dos cristãos secretos ficou ainda mais difícil e quando descobertos eram assassinados ou desapareciam.

Cerca de 2,2 milhões afegãos conseguiram se refugiar em países vizinhos, mas as condições em que viviam eram precárias. Muitos dos capturados pelas autoridades locais foram deportados para o Afeganistão e morreram nas mãos dos jihadistas. A Portas Abertas forneceu socorro imediato e mobilizou campanhas de oração pelos cristãos refugiados.

Live Solidária #UmComEles

Cristãos perseguidos como o pastor Jeremiah foram motivo de oração durante a segunda Live da Igreja Perseguida

No mês seguinte, foi o momento dos cristãos brasileiros se reunirem em oração, adoração e contribuição na Live Solidária da Igreja Perseguida. O vídeo contou com mais de 12 mil visualizações no Youtube, e mais de R$ 175 mil foram arrecadados para abençoar cristãos hostilizados por causa de Jesus.

Durante o evento virtual, os momentos de adoração ficaram sob a responsabilidade de Alexandre Magnani, Baruk, Clovis Pinho, Dany Grace, Gabriel Guedes, Gerson Borges, Leonardo Gonçalves, Lito Atalaia, Luciano Claw, Marsena, Paulo Nazareth, Roberto Diamanso, Soraya Moraes, Thiago Grulha e Zé Bruno. 

Entre as canções, líderes cristãos como Bispo Peres, Carlito Paes, Luca Martini, Rebeca Nemer e Sidney Costa compartilharam testemunhos de irmãos e irmãs que resistiram à perseguição por amor a Jesus. 

Crianças de mãos dadas com a Igreja Perseguida

As crianças brasileiras puderam conhecer a realidade de outros pequenos seguidores de Jesus perseguidos por causa da fé

Outubro foi a vez entender melhor como as crianças cristãs são perseguidas por causa de Jesus. Muitas enfrentam exclusão e violência na escola, outras são sequestradas por extremistas islâmicos para se tornarem meninos soldados e as garotas são dadas em casamento a fanáticos religiosos.

Além disso, as crianças têm o acesso negado a materiais e ensinamentos cristãos, são proibidas de frequentar igrejas e costumam ser agredidas física, psicológica e sexualmente. Para tornar a realidade dos pequenos seguidores de Jesus compreensível para as crianças brasileiras, a Portas Abertas preparou um roteiro de atividades para crianças chamado “A experiência da igreja secreta”.

O Brasil em oração pelo Sudão

Os cristãos sudaneses pediram que os irmãos ao redor mundo clamassem pela paz no Sudão

Desde que o ditador Hassan al-Bashir foi deposto há dois anos, o Sudão experimentou mudanças positivas como a separação da religião islâmica do Estado e a abolição da pena de morte para quem deixasse de ser muçulmano.

Entretanto, essas mudanças deram início a um descontentamento de conservadores islâmicos contra o governo de transição. Então, os militares tentaram dar um golpe e prenderam as autoridades políticas. Os resultados foram amplos protestos da população e resposta violenta dos militares, que atingiram também os cristãos locais. A Portas Abertas mobilizou a igreja brasileira em oração pelo país e pela igreja sudanesa.

30 anos da queda da União Soviética

Irmão André entrega um milhão de Bíblias para líderes da Igreja Ortodoxa Russa em 1988

Em dezembro, a dissolução da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) completou 30 anos. O Estado socialista composto por 15 repúblicas autônomas existiu entre 1922 e 1991 e reunia mais de 300 milhões de pessoas, de 200 grupos étnicos diferentes. Nesse período, os cristãos e as igrejas foram duramente perseguidas, pois o objetivo maior era eliminar o cristianismo.  

Com a queda da URSS, nasciam os países independentes da Ásia Central. Gradualmente, os cristãos perseguidos pelo governo comunista passaram a participar da sociedade. Surgiram escolas bíblicas, seminários, organizações missionárias, atividades sociais e casas publicadoras cristãs.

Porém, as novas autoridades de países como UzbequistãoTurcomenistãoTajiquistãoCazaquistão e Quirguistão implantaram leis com forte herança de perseguição aos seguidores de Jesus. Os comitês religiosos, a influência dos serviços de segurança, obrigatoriedade do registro das igrejas, legislação religiosa restritiva e a pressão familiar são alguns resquícios do antigo regime usados para negar a liberdade religiosa dos cristãos.

Fonte: Portas Abertas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s