BOLETIM INFORMATIVO

Vou pro culto!

Reserve no link abaixo o seu lugar e o de sua família no culto dominical das 19 horas.

VOU PRO CULTO

Observações importantes:

  • Ao entrar no templo higienize suas mãos com álcool 70%;
  • É obrigatório o uso de máscara de proteção durante todo o culto;
  • Não desloque as cadeiras dos lugares pré-estabelecidos;
  • Não abrace ou cumprimente o seu irmão com contato físico;
  • Não transite ou utilize os banheiros a não ser que seja realmente necessário;
  • Janelas e portas deverão ser mantidas abertas durante toda a celebração;
  • Não compartilhe microfones ou instrumentos musicais;
  • Não será excedido o limite máximo de ocupação de irmãos previamente estabelecido;
  • Aconselhamos aos maiores de 60 anos, menores de 12 anos e portadores de doenças crônicas a permanecerem em casa e priorizar o culto online;
  • Não haverá cantina;
  • Não haverá boletim de papel, somente na versão digital;
  • Ofertas serão entregues na saída do culto.

line

Alimento 1×3

OBRA DO ESPÍRITO SANTO


2Co 6.17,18 “Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei; e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso”.


As diversas operações do Espírito são complementares entre si, e não contraditórias. Ao mesmo tempo, essas atividades do Espírito Santo formam um todo, não havendo plena separação entre elas.


Alguém não pode ter:
(a) a nova vida total em Cristo, na unção e no poder do Espírito Santo (João 14, 17).
(b) um santo viver pelo Espirito Santo e a palavra. (João 17, 17)
(c) o poder para testemunhar do Senhor na força do Espírito Santo. (Atos dos Apóstolos 4:8)
(d) a comunhão no seu corpo, sem exercitar estas quatro coisas. Por exemplo: uma pessoa não pode conservar o batismo no Espírito Santo se não vive uma vida de retidão, produzida pelo mesmo Espírito, que também quer conduzir esta mesma pessoa no conhecimento das verdades bíblicas e sua obediência às mesmas.


O conceito de separação do mal é fundamental para o relacionamento entre Deus e o seu povo.

Segundo a Bíblia, a separação abrange duas dimensões, sendo uma negativa e outra positiva:

A separação moral e espiritual do pecado e de tudo quanto é contrário a Jesus Cristo, à justiça e à Palavra de Deus.

Acercar-se de Deus em estreita e íntima comunhão, através da pessoa do Espírito Santo mediante a dedicação, a adoração e o serviço a Ele.

No AT, a separação era uma exigência contínua de Deus para o seu povo (Lv 11.44; Dt 7.3) . O povo de Deus deve ser santo, diferente e separado de todos os outros povos, a fim de pertencer exclusivamente a Deus. Uma principal razão por que Deus castigou o seu povo com o desterro na Assíria e Babilônia foi seu obstinado apego à idolatria e ao modo pecaminoso de vida dos povos vizinhos.

No NT, Deus ordenou a separação entre o crente e o sistema mundial corrupto e a transigência Ímpia.
Aqueles que na igreja pecam e não se arrependem de seus pecados (Mt 18.15-17; 1Co 5.9-11).
Os mestres, igrejas ou seitas falsas que aceitam erros teológicos e negam as verdades bíblicas e a direção do Espírito Santo. (Mt 7.15).

Nossa atitude nessa separação do mal, deve ser de (a) ódio ao pecado, à impiedade e à conduta de vida corrupta do mundo (Rm 12.9; Hb 1.9; 1Jo 2.15).

Oposição à falsa doutrina, pois o Espírito Santo testifica com nosso espírito o que realmente é de Deus. (Gl 1.9).

Amor genuíno para com aqueles de quem devemos nos separar, pois o Espírito Santo cria em nos um senso e uma visão melhor do nosso dever e o com o compromisso com o amor que recebemos do Pai (Jo 3.16).

O amor de Deus ao nos aperfeiçoarmos na santificação e uma das maiores obras do Espírito Santo na vida de uma pessoa.

Perguntas:

  1. Já aprendeu a ouvir a voz do Espírito Santo?
  2. Como está seu relacionamento com o mundo?
  3. Você tem algum costume mundano que gostaria de deixar?
line

Bíblia diária

2ª feira – Ec. 01, 02, 03

3ª feira – Ec. 04, 05, 06

4ª feira – Ec. 07, 08, 09

5ª feira – Ec. 10, 11, 12

6ª feira – Ct. 01, 02, 03

Sábado – Ct. 04, 05, 06

Domingo – Ct. 07, 08

Período atual: Vigésima oitava semana

line

Cerca de 22 mortos em ataque na República Democrática do Congo

O ataque foi realizado por grupo extremista em uma região de maioria cristã

Grupos extremistas querem reduzir a população cristã através de ataques violentos na República Democrática do Congo (foto representativa)Grupos extremistas querem reduzir a população cristã através de ataques violentos na República Democrática do Congo (foto representativa)

O portal britânico de notícias Reuters reportou o assassinato de 22 pessoas em Bulongo, uma vila perto da cidade de Beni, na província de Kivu do Norte, no Leste da República Democrática do Congo. De acordo com o chefe da comunidade, os agressores são suspeitos de serem membros do grupo islâmico Forças Democráticas Aliadas (ADF, da sigla em inglês), que fez um número desconhecido de reféns.

Em uma tentativa de conter os ataques que já deixaram mais de 1.200 mortos na região de maioria cristã, o presidente anunciou um estado de cerco na área no início de maio. Existem muitos grupos rebeldes lutando no país. A maioria deles é impulsionada por fatores étnicos e socioeconômicos, mas a ADF que está ativa no leste do país quer a expansão do islã e o faz através de ataques violentos e emboscadas.

Eles conseguiram controlar áreas do campo, primeiro na província de Kivu do Norte, mas agora também na província de Ituri. Os parceiros da Portas Abertas na região acreditam que a ADF está trabalhando para remover a população local, em sua maioria cristã, para expandir a base islâmica na região. A República Democrática do Congo ocupa o 40º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021, onde os seguidores de Jesus enfrentam perseguição vinda principalmente dos grupos armados e de redes criminosas.

Pedidos de oração

  • Apresente em oração a situação na República Democrática do Congo e peça para que Deus traga paz aos conflitos e ataques na região.
  • Interceda pelos seguidores de Cristo no país, para que permaneçam firmes na fé, mesmo diante da perseguição.
  • Clame para que os membros de grupos armados, como a ADF, experimentem uma transformação de vida através do encontro com Jesus.

Fonte: Portas Abertas

line

A oportunidade estava sob seus pés!

diamantes

Houve um homem chamado Ali Hafed, no Irã. Fazendeiro, estava contente com sua situação. Sua fazenda era excelente e rendosa. Tinha esposa e filhos. Criava carneiros, camelos e plantava trigo. “Se um homem tem esposa, filhos, camelos, saúde e paz de Deus”, dizia ele, é um homem rico!

Ali Hafed continuou rico até que, certo dia, um sacerdote veio visitá-lo e começou a falar em diamantes. E o sacerdote comentou: “Eles cintilam como um milhão de sóis, na verdade, a coisa mais linda do mundo.” De repente, Ali Hafed passou a sentir-se que o que tinha era pouco. E começou a ficar descontente com o que possuía. Perguntou ao sacerdote:

“Onde se podem encontrar esses diamantes? Preciso possuí-los.”

O sacerdote respondeu: “Dizem que é possível achá-los em qualquer parte do mundo. Procure um riacho de águas transparentes correndo sobre a areia branca, em região montanhosa, e ali você achará diamantes.”

Ali Hafed, então tomou uma decisão, vendeu a fazenda, confiou esposa e filhos aos cuidados de um vizinho, e se lançou em sua jornada à procura de diamantes. Viajou pela Palestina, depois ao longo do vale do Nilo, até que afinal, encontrou-se junto às colunas de Hércules, entrando a seguir na Espanha. Estava alquebrado, sem recursos, e sem condições de comunicar-se com a família. Num acesso de desespero, profundamente deprimido, lançou-se ao mar e morreu.

Nesse ínterim, o homem que adquiriu a fazenda de Ali Hafed achou uma curiosa pedra negra, enquanto seu camelo matava a sede num riacho da propriedade. Levou a pedra para casa, colocou-a sobre a lareira e esqueceu-se dela. Um dia apareceu o sacerdote, outra vez. Olhou acidentalmente para a pedra negra e notou um lampejo colorido brotando
de um ponto de onde saíra um lasca. E disse ao fazendeiro:

“Um diamante! Onde o achou?”

“Encontrei-o nas frias areias do riacho de águas claras onde levo meu camelo para beber,” disse o fazendeiro.

Juntos, arrebanhando as túnicas e correndo tão depressa quanto permitiam as sandálias, dispararam rumo ao riacho. Começaram a cavar e acharam mais diamantes! Esse achado se transformou na Mina de Diamantes Golconda – a maior mina do mundo! A mina de Golconda é de onde veio o diamante Koh-i-Noor, que faz parte das jóias da coroa da Inglaterra, e de onde veio, também, o diamante Orloff, que faz parte das jóias da coroa da Rússia.

A lição é clara. Os diamantes lá estavam, o tempo todo, no quintal de Ali Hafed. Só que ele não os vira. E, por isso, gastara a vida numa busca inútil! Seja qual for a situação em que se encontre, há diamantes esperando por ser encontrados. E é muito provável que ele esteja mais perto do você imagina.

“É praticamente uma lei na vida que quando uma porta se fecha para nós, outra se abre. A dificuldade está em que, frequentemente, ficamos olhando com tanto pesar a porta fechada, que não vemos aquela que abriu.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s